Desabafos...



Quem não precisa de desabafar de vez em quando? Mesmo que seja apenas por um minuto, escrever no teclado é um mecanismo de defesa que nos liberta...
Desabafar, comentar, às vezes "cuscar"...sim, vamos a isso!



quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Educação Precisa-se!!

Como Comportar-se
Candell, Arianna e Núria Roca



Um mês!

Um mês de aulas que passou e o grau de exigência aumenta.

É incrível!

Refiro-me ao comportamento dos nossos queridos alunos... e o grau de exigência é dirigido a nós professores, à nossa paciência...etc...
Aula após aula insistimos nas regras de bom comportamento, o saber ser e saber estar (curiosamente o tema do Projecto Curricular de Turma da minha direcção de turma).

Explicamos tudo direitinho, analisamos os direitos e deveres do aluno contemplados no Regulamento Interno, interpretamos milhentas vezes cada item... salientamos a importância do bom comportamento, mas...

... pois...

É que a educação vem de casa,
a educação não se compra... ADQUIRE-SE!!

E enquanto os papás insistirem no:
"Coitadinho do meu filhinho!"
"Ele até nem é malcriado, pronto, eu sei que é respondão e desobediente, mas e depois?"
"Isso é normal, eles hoje em dia são todos assim!"
"Ó setôra, eu já não sei o que fazer com ele, ele não me ouve!"

...pois...

Hoje, estava uma aluna "na boa", na conversa com a colega do lado.
A colega estava atenta, sem ligar ao que a companheira dizia.
Eu simplesmente parei de escrever no quadro e olhei para a "tagarela".
Após uns segundos de olhar fixo, a miúda diz com um tom de voz arrogante, indignado:

"Que foi?"

Bem...meus amigos...passei-me! (mas fico por aqui)

Mas nem tão pouco a miúda se apercebeu da sua atitude.
Ou seja, pelos vistos, o que me leva a pensar é que a atitude da miúda é tão normal (dentro e fora de casa) que qualquer repreensão é recebida com estupefacção.

Agora questiono-me:

1 - "Será que não é melhor, logo no início do ano lectivo haver umas Acções de Formação* para os Encarregados de Educação?"

2- "Em vez de estarmos «ao monte» numa sala de estudo, de informática, em aulas de substituição, canalizarmos essas horas para orientar umas Acções de Formação* para os Encarregados de Educação?"

3- "Dos 90 ou 45 minutos (depende) de aula será que devemos ignorar os conteúdos a leccionar e passarmos à componente comportamental?"

Vou continuar a sonhar e deliciar-me com a ideia de uma escola melhor (num futuro muito próximo)


EDUCAÇÃO PRECISA-SE!!!

EDUCAÇÃO: COMEÇA EM CASA!!!


* tema geral > Educar os filhos!!!

2 comentários:

Joaquim Amândio Santos disse...

Não poderia estar mais de acordo Dra. Patrícia!

Por mais que seja firme o propósito dos docentes que encaram a sua profissão com o devido espírito de missão, por mais que pugnemos por transaformar as escolas num templo de educação e não de mero ensino, enquanto a base familiar for tão trémula na qualidade cultural, teremos o país que temos, sem que a mácula acabe!

serenidade disse...

Pois continue a sonhar... eu acompanharei o seu sonho, sonho com o mesmo....

Serenos sorrisos