Desabafos...



Quem não precisa de desabafar de vez em quando? Mesmo que seja apenas por um minuto, escrever no teclado é um mecanismo de defesa que nos liberta...
Desabafar, comentar, às vezes "cuscar"...sim, vamos a isso!



sábado, 28 de julho de 2007

Definição

"Meu amor"... - disseste tu.
Li como se fosse a primeira vez que tal expressão surgisse para mim, a mim dirigida.

O sangue borbulhou
num oceano de gelo
que fervilha...
e percorreu-me,
levitou-me.

Define o que sinto,
ilucida-me.

Não é pedir muito.

Cada vez que te vejo,
a voz emudece,
a respiração intensifica,
invade um estranho tremor
pelo "eu"...

As palavras fogem,
abandonam-me,
impõem o meu estado
de orfã de letras,
de todas as expressões
possíveis de serem proferidas
neste momento.

Define o que sinto.

Ilucida-me.



Patrícia Cruz

1 comentário:

dj_avilo disse...

amiga,ticha o teu espaço esta muito lindo :) estas de parabens,bonitos relatos de sentimentos,obrigado por fazer parte do teu grupo de amigos ...continua assim :) :)